Centenas de iniciativas por todo o País
Cerrar fileiras para os combates que aí vêm

Image 7060

Continua a chegar ao Avante! a informação de múltiplas iniciativas comemorativas dos 90 anos do Partido. Almoços, jantares, debates, convívios e exposições dão o mote para falar do Partido e da sua história, da sua luta e do seu projecto e, sobretudo, para cerrar fileiras para os duros combates que esperam os comunistas no futuro próximo.

Em Lisboa, a célula do Partido no município comemorou o aniversário num jantar realizado no refeitório municipal do Complexo dos Olivais II, local emblemático e sinónimo de muitas lutas travadas pelos trabalhadores. Estiveram presentes mais de cem militantes e simpatizantes do PCP, que ouviram atentamente a intervenção de Francisco Lopes, da Comissão Política e do Secretariado do CC. O momento foi aproveitado para entregar os cartões do Partido aos novos militantes. No jantar a célula recebeu uma oferta especial – um quadro, oferecido por uma simpatizantes – e ofereceu à direcção do Partido, na pessoa de Francisco Lopes, uma peça executada com desperdícios de máquinas efectuada por um trabalhador da Câmara Municipal de Lisboa.

No concelho de Vila Franca de Xira, o almoço concelhio comemorativo dos 90 anos do Partido realizou-se no Centro de Convívio Álvaro Pinheiro, no Sobralinho, e contou com a presença de 200 pessoas. Interveio Francisco Lopes e os presentes tiveram ainda a oportunidade de assistir a um documentário sobre a história do PCP.

José Augusto Esteves, da Comissão Central de Controlo, foi um dos oradores no jantar realizado no dia 12 na Marinha Grande. Com o salão da sede da Ordem completamente cheio, o dirigente comunista falou de 90 anos de «ininterrupto combate feito de amor à liberdade, coragem, desprendimento revolucionário e dedicação sem limites à causa emancipadora da classe operária e dos trabalhadores, à causa do socialismo e do comunismo». A grande ovação da noite foi para a evocação do grande obreiro do PCP que foi Álvaro Cunhal. Filipe Andrade, do CC, falou da intervenção do Partido no concelho. As comemorações na Marinha Grande iniciaram-se na semana anterior com a evocação da memória do comunista marinhense, recentemente desaparecido, Joaquim Gomes, e prolongam-se até Março de 2012.

Em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, as comemorações iniciaram-se com um plenário de militantes que contou com a participação de Carlos Gonçalves, da Comissão Política. Para além da análise da situação local e nacional, o dirigente do PCP anunciou a realização, em Maio de Junho, de uma sessão pública em torno das Obras Escolhidas de Álvaro Cunhal e um convívio popular a ter lugar no Centro de Trabalho do Partido.

Na Quinta do Conde, em Sesimbra, o aniversário foi assinalado com um almoço que contou com a presença de uma centena de pessoas. Nas intervenções de José Pereira, do CC, Vítor Antunes e Francisco Cordeiro estiveram presentes a situação difícil por que passam os pescadores e os entraves à acção do poder local – a Junta de Freguesia da Quinta do Conde é das que menos recebe por eleitor a nível nacional. Foi ainda feito um forte apelo ao reforço da organização do Partido. Depois do almoço realizou-se no mesmo local um plenário que elegeu os delegados da freguesia à 8.ª Assembleia da Organização Regional de Setúbal do PCP, a ter lugar em Abril, em Almada.

Em Vila Real de Santo António, dezenas de pessoas participaram no almoço comemorativo do aniversário do Partido e ouviram Ângelo Barão referir-se ao reforço do Partido no concelho. Já em Peso da Régua, os 90 militantes e simpatizantes presentes ouviram Margarida Botelho, da Comissão Política, e Gabriela Guimarães, da Comissão Concelhia. Em Mangualde e Tondela, no distrito de Viseu, houve duas grandes iniciativas, que contaram com a presença de Vladimiro Vale, da Comissão Política, e Ilda Figueiredo, do CC, respectivamente.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: