Vamos criar um ambiente onde não existe o medo
Vítor Proença promete lutar pelo concelho
Alcácer no rumo certo

A CDU apresentou no dia 24 de Março a candidatura à presidência da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, encabeçada por Vítor Proença.

Image 12921

O salão da conhecida «Calceteira», Sociedade Filarmónica Visconde de Alcácer encheu por completo para assistir à apresentação da candidatura, aprovada por unanimidade, de «ampla abertura», como que «uma onda» que «vai crescendo», tal como referiu o candidato.

Várias foram as pessoas, com destaque para Gracieta Baião e Rogério de Brito, dois ex-presidentes de Câmara, eleitos pela CDU, que marcaram presença no evento e que quiseram apoiar publicamente «um amigo de longa data». Outras caras conhecidas e independentes de Alcácer do Sal apoiaram o candidato, como a actriz Leonor Alcácer, que marcou presença por reconhecer em «Vítor Proença o homem com características certas para colocar Alcácer no rumo certo».

Emocionado e confiante com o vasto apoio que a candidatura já tem, Vítor Proença afirmou estar profundamente empenhado em dar o máximo do seu saber e das suas forças ao serviço das populações de Alcácer do Sal.

O candidato da CDU disse ainda que «sem promessas, mas com compromissos de honra», será um «grande lutador dos interesses desta terra» e que, com a experiência acumulada, logo após a tomada de posse começará a «trabalhar a um ritmo intenso, sensato, de forma colectiva e contando com todos».

Servir o povo

Perante casa cheia e onde transpirava entusiasmo numa candidatura vitoriosa, Vítor Proença afirmou que a candidatura «é para Alcácer, é por Alcácer do Sal, pelas suas aldeias e freguesias», afirmando com convicção que «a nossa candidatura é para servir o povo, que vai partir do legado histórico de Alcácer do Sal, e vai assentar no valor que a terra tem, nas suas tradições, na sua juventude, nos seus imensos recursos e potencial voltados para o futuro, como projecto de governo local».

O futuro e as linhas de orientação estão muito claras, adiantou Vítor Proença, destacando a aposta do potencial do Rio Sado, no turismo e na afirmação de Alcácer do Sal no Alentejo, no País e na Europa.

Vítor Proença, aplaudido de pé várias vezes, realçou que a candidatura da CDU «conta com todos, com os trabalhadores da Câmara Municipal, capital decisivo para as nossas opções, assegurando que vamos criar um ambiente onde não existe o medo, em que os trabalhadores tenham um enorme orgulho de servir os cidadãos ao serviço da autarquia».

Adiantou que conta igualmente com «todas as associações (culturais, desportivas, sociais, de moradores), assim como contamos com as IPSS, com instituições públicas, com as empresas, com o comércio local, com os investidores e sobretudo com as populações».


 

Defender o Poder Local

O candidato assumiu ainda publicamente o compromisso de honra «de nos batermos com afinco, numa atitude pró-activa e persistente para defender os superiores interesses de Alcácer junto de diversas entidades: junto do primeiro-ministro, junto dos ministérios, junto do Presidente da República, junto da Assembleia da República, perante o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Estradas de Portugal, da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano e do Hospital do Litoral Alentejano, junto do Ministério da Agricultura, junto da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, junto do Turismo de Portugal, junto da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo e do Inalentejo, junto das instâncias europeias, mesmo junto de outras instâncias como a Associação de Futebol de Setúbal, a liga de clubes ou federações diversas».

Na sessão, a Direcção do PCP esteve representada por João Dias Coelho e por Manuel Valente. João Dias Coelho disse que «Alcácer do Sal está marcada pelo atraso, pelo subdesenvolvimento, pelo desaproveitamento das suas potencialidades, pela destruição de serviços públicos, pela falta de acessibilidades e de mobilidade, pelo desemprego fazendo com que o Alentejo seja a região onde o desemprego mais cresceu nos últimos meses».

João Dias Coelho adiantou que «o cabeça de lista e futuro presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, é um homem defensor do Poder Local democrático, tem um invejável currículo e uma grande experiência acumulada, tem obra feita no quadro do trabalho colectivo, assente no projecto autárquico da CDU, onde o trabalho, a honestidade e a competência são marca distintiva».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: