Eucaliptização indiscriminada de terras agrícolas
Por melhores políticas agro-rurais
Agricultores em Lisboa

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) vai realizar, no dia 17 de Abril, em Lisboa, uma manifestação para reclamar melhores políticas agro-rurais e outro governo capaz de as definir e aplicar.

Os agricultores de todo o País vão concentrar-se, às 15 horas, no Príncipe Real, e desfilarão até à Assembleia da República, onde exigirão o «pagamento, pelo Governo, às Organizações de Produtores Pecuários, da comparticipação pública para as despesas, cerca de 12 milhões de euros, com a sanidade animal», cuja falta «põe em risco a produção e comércio pecuários e a própria saúde pública», e «apoios técnicos e financeiros – públicos – para o licenciamento (obrigatório) da maior parte das pequenas e médias explorações pecuárias, no âmbito do Registo do Exercício da Actividades Pecuária».

Com esta acção de luta, a CNA, as suas filiadas e os agricultores vão ainda protestar contra as «novas imposições fiscais, em consequência da aplicação do Orçamento do Estado – 2013, que, a ser aplicadas, vão colectar nas finanças, tributar e eliminar milhares de pequenos agricultores e, assim, prejudicar ainda mais a economia das zonas rurais», a «falta de orçamento público para o combate e prevenção das pragas e doenças que dizimam a floresta, os pomares, as vinhas e os olivais», os «preços especulativos dos combustíveis, da electricidade, das rações, adubos, pesticidas, maquinaria, crédito bancário» e os «preços, em baixa, à produção».

Os agricultores estão, de igual forma, contra «os projectos legislativos em curso para a criação da “bolsa de terras” à custa dos pequenos e médios agricultores e dos compartes dos baldios, e para a eucaliptização indiscriminada de terras agrícolas» e os «cortes orçamentais já em execução no PRODER e as perspectivas de mais cortes, incluindo para a Política Agrícola Comum, período 2014-2020».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: