Profissionais de optometria, podologia e gerontologia

Encontram-se em comissão para aferir da exequibilidade de um texto único projectos de resolução do PCP, do BE e da maioria PSD/CDS que visam recomendar ao Governo a regulamentação das profissões de podologista, gerontólogo e optometrista.

No debate em plenário, há 15 dias, foram apontadas as razões que aconselham a legislar sobre esta matéria, com a deputada comunista Carla Cruz a referir, no caso da gerontologia, as exigências colocadas pelo envelhecimento da população, nomeadamente no que toca à adopção de medidas e estruturas de apoio social, assim como de serviços públicos e profissionais «qualificados e preparados» que permitam assegurar aos mais idosos «uma vida com dignidade».

A regulamentação permitirá, pois, «salvaguardar não só os profissionais como os respectivos utentes», assinalou Carla Cruz, sendo o mesmo princípio válido para os podologistas, cujo número tem vindo a crescer, e que por ser uma profissão na esfera da saúde importa que seja articulada com as demais profissões que integram os técnicos de diagnóstico e terapêutica.

A mesma necessidade de regulamentação da profissão é sentida pelos optometristas, «disciplina responsável pelos cuidados de saúde primários do olho e do sistema visual», nomeadamente em termos das suas habilitações, competências e atribuições.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: