Sargentos celebram o 31 de Janeiro

Com iniciativas por todo o País, estão a decorrer as comemorações do Dia Nacional do Sargento, que evoca a revolta de 1891, no Porto. Promovidas pela Associação Nacional de Sargentos, as iniciativas começaram na RA da Madeira, no dias 25 e 26; hoje, 31, decorrem eventos no Porto e em Abrantes, Estremoz, Coimbra, Viseu e Chaves; seguem-se Évora, Vendas Novas e Castelo Branco (sexta-feira, 1 de Fevereiro), Cabanas de Tavira e Fóia de Monchique (dia 3), Entroncamento (dia 5) Leiria e Monte Real (dia 6), Beja, Vila Real e Lamego (dia 7).

No sábado, dia 2, na Casa do Alentejo em Lisboa, tem lugar a comemoração central, em simultâneo com a eleição dos órgãos sociais da ANS.

As comemorações, no ano em que a ANS perfaz 30 anos, encerram a 9 e 10 de Fevereiro, na RA dos Açores, e incluem ainda, como se refere na nota divulgada anteontem pela associação, actos em messes de sargentos de várias unidades militares e alguns locais no estrangeiro (sargentos em missão de serviço).

A ANS regista que, por esta ocasião, foi mais uma vez apresentada na AR pelo grupo parlamentar do PCP, a proposta para consagrar o 31 de Janeiro como Dia Nacional do Sargento, «salientando o seu significado histórico e enaltecendo o papel patriótico dos sargentos».

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: