João Ferreira em Bragança e Vila Real

O primeiro candidato da CDU às eleições para o Parlamento Europeu marcadas para 26 de Maio, João Ferreira, esteve nos dias 7 e 8 de Fevereiro em visita aos distritos de Bragança e Vila Real.

A jornada começou em Bragança com uma acção de contacto com os trabalhadores da empresa Faurécia, que deram conta dos principais problemas com que são confrontados, entre os quais se destacam os baixos salários, a discriminação salarial relativamente aos trabalhadores de outras unidades de produção da Faurécia em Portugal, os elevados ritmos de trabalho e a existência de inúmeras horas de trabalho prestado e não pago. Muitos deles reconheceram o papel do PCP e da CDU na abertura da nova fase da vida política nacional.

Seguindo depois para o concelho de Vinhais, João Ferreira visitou a Feira do Fumeiro, onde contactou com dezenas de produtores da região, que ali expunham os seus produtos, evidenciando as potencialidades que a região tem, nomeadamente na pecuária e suinicultura. Nas conversas com os produtores, o deputado comunista constatou que tais potencialidade, para serem plenamente aproveitadas, reclamam medidas concretas de apoio à produção, de atribuição de fundos comunitários não desligados da produção, a redução do IVA, a par de medidas mais estruturais de combate ao despovoamento e à desertificação.

À noite de dia 7, já em Vila Real, João Ferreira participou num debate promovido pela CDU sobre «A UE, a soberania nacional e o desenvolvimento regional», no Club de Vila Real. Perante mais de três dezenas de pessoas, a sessão permitiu afirmar o projecto da CDU, a necessidade de afrontar as imposições e regras da UE e do euro como factor determinante para a defesa da soberania nacional e o desencadear de um processo de construção de uma alternativa que coloque Portugal no rumo do desenvolvimento e progresso económico e social. Só assim se poderá resolver os graves problemas estruturais do País, entre os quais as assimetrias regionais e o défice demográfico, muito sentidas naquela zona.

Antes de uma entrevista à rádio local, Universidade FM, no dia 8 de Fevereiro a jornada terminou com uma acção de contacto e distribuição de documentos no Mercado Municipal de Vila Real, com a agricultura e as consequências da Política Agrícola Comum a dominarem as conversas.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: