Festa do Avante! passa a ser maior e ainda melhor
Mais espaço, a mesma dedicação

A integração na Festa do Avante!, pela primeira vez, do novo terreno da Quinta do Cabo garante aos milhares de visitantes mais espaço para usufruir plenamente do muito que a Festa tem para oferecer. As novas vias de circulação, a diferente disposição de pavilhões e espaços e a existência de mais áreas de lazer, convívio e sombra acrescentam qualidade à estadia na Festa do Avante!.

A compra da Quinta do Cabo foi anunciada pelo Secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, na abertura da 38.ª Festa do Avante!, em 2014. O lançamento, poucas semanas depois, da campanha nacional de fundos «Mais Espaço, Mais Festa. Futuro com Abril», num comício realizado na Quinta da Atalaia com visita ao novo terreno, foi o passo que se seguiu. A dedicação do colectivo partidário e a participação de muitos milhares de militantes e simpatizantes do Partido fizeram o resto: a campanha foi um sucesso e os fundos recolhidos superaram os objectivos propostos; no dia 19, o PCP pôde anunciar que a Quinta do Cabo já pertencia à Festa!

Mas mais espaço significa também mais trabalho, o «segredo» que desde há 40 anos tem permitido erguer sucessivas festas do Avante!, por vezes em condições difíceis. Pelo que se conhece dos construtores da Festa ao longo das últimas quatro décadas e com a determinação demonstrada nas jornadas de trabalho já realizadas este ano, é certo que a 40.ª Festa do Avante! será inesquecível. Ao trabalho!

 

Receber sempre bem quem nos visita

A localização geográfica da Festa do Avante! oferece várias opções de acessibilidades, sejam elas de transportes colectivos ou de acessos rodoviários. Para ir e voltar da Festa os transportes públicos (autocarro, barco ou comboio) são sempre a melhor opção: utilizar as carreiras regulares dos TST, Sul Fertagus, Transtejo ou Fertagus é a maneira mais cómoda de ir e voltar.

Quem utiliza os comboios da Fertagus, a partir de Lisboa ou de Setúbal, tem a possibilidade de utilizar um serviço de autocarros gratuitos vai-e-vem, entre a estação de Foros de Amora e a Festa do Avante!, bastando para tal solicitar bilhete de ida e volta no quiosque da Festa instalado à saída da referida estação, deslocar-se antecipadamente aos centros de trabalho do PCP de Lisboa e Setúbal ou, caso esteja já na Festa, solicitar na Comissão de Campo, nas bagageiras junto das entradas ou no Posto de Informações no centro do recinto.

No caso de utilização de viatura própria na deslocação, estão disponíveis dois parques públicos: um disponibilizado pela Fertagus, a cerca de 100 metros da estação de Foros de Amora (coordenadas GPS 38.623157 e – 9.130820), e um outro, o parque Maria Pires, localizado junto da Escola Paulo da Gama, a cerca de 300 metros da Festa, após a ponte da Fraternidade (coordenadas GPS 38.623724 e – 9.110882). Quem venha do centro e Norte do País, o melhor acesso é pela ponte 25 Abril, via A1 e saída para o Seixal ou através da ponte Vasco de Gama, seguindo no sentido Barreiro/ Montijo e, a partir daí, pela A33 até há saída para o Seixal, ou pelo IC33 até ao seu cruzamento na A2 e saindo posteriormente para o Seixal. Estes percursos são também opções para deslocação em excursão organizada.

As deslocações em excursões organizadas, e a partir de vários pontos do País, são uma opção cada vez mais presente para os visitantes da Festa, bastando para isso contactar os centros de trabalho do PCP e proceder à respectiva inscrição. Junto à Festa funcionará um parque específico para excursões, que este ano ficará localizado nas traseiras da superfície comercial Lidl, na Medideira. O acesso e os percursos a seguir até este parque serão devidamente assinalados. Por razões de segurança e de espaço não será possível acampar junto dos autocarros.

Como em anos anteriores, funcionarão praças de táxi nas imediações das entradas e saídas da Quinta da Princesa e da nova entrada da Rua dos Operários.

  

Uma Festa para todos

A Festa do Avante! é cada vez mais inclusiva e para todos, com um serviço em viaturas adaptadas, com percursos a partir de Lisboa, Seixal e Almada (mais informações em www.festadoavante.pcp.pt) que levam os seus utentes até ao interior do recinto. Este mesmo serviço pode ainda ser solicitado, na medida das disponibilidades, para as imediações da Festa. Para aceder a este serviço poderá recorrer aos contactos gerais da Festa (telefone 21.222.40.00 ou mail geral@festadoavante.pcp.pt) e, durante os três dias da Festa, para o número 91.538.29.05.

No interior do recinto, as várias instalações sanitárias, com serviço de limpeza regular, tem disponíveis instalações adaptadas.

Este ano, a participação no grande comício da Festa, a realizar no domingo, 4 de Setembro, pelas 18 horas, será possível em condições de igualdade, com a utilização de linguagem gestual.

No Espaço Criança, agora com uma nova localização e alargado, funcionará um brinquedo adaptado, para que todas as crianças aí possam conviver e brincar.

As crianças, cada vez mais presentes na Festa ano após ano, têm os seus espaços próprios. Na 40.ª edição da Festa, será alargado o serviço do Espaço Bebé, instalações tranquilas e regularmente limpas e cuidadas onde é possível trocar fraldas, aquecer biberões e refeições nos micro-ondas aí instalados e ter acesso a água quente. É possível encontrar o Espaço Bebé nos pavilhões de Lisboa, Alentejo, Setúbal, Porto e Espaço Criança.

 

Conforto e tranquilidade

Para quem não quer perder nada da Festa, a melhor solução é ficar no acampamento exterior, uma infra-estrutura de apoio aos visitantes que possui vigilância adequada, um serviço de bar, um espaço para lavar a louça, casas de banho e duches com limpeza regular, onde é possível descansar, estar em segurança e com tranquilidade. Este acampamento abre no dia 1 de Setembro às 10 horas. Nesse mesmo dia, às 18h30, realiza-se uma iniciativa de recepção a quem acampa.

O regulamento do acampamento exterior poderá ser consultado em breve na página da Festa, mas desde já se informa que os valores de pagamento indicados no cartaz são para todo o período de estadia e que não será permitido fazer fogo. O uso de fogões tipo «campingaz» é autorizado nos locais definidos pela organização.

Nas imediações da Festa, existem outras opções de alojamento. Para quem optar por ficar alojado em locais mais longínquos, é sempre fácil aceder à Festa pelos diversos modos de transporte ou vias rodoviárias já indicadas.

Viver a Festa com saúde é o desejo de todos aqueles que durante os três dias ali procuram convívio, alegria e boa disposição. Em caso de alguma necessidade, funciona no recinto um Posto de Saúde, com médicos e enfermeiros para a prestação dos primeiros socorros. Um dispositivo dos bombeiros em permanência e informação disponível sobre as diversas farmácias das redondezas são outras medidas adoptadas.

Nas duas entradas da Festa – Quinta da Princesa e Rua dos Operários (nova entrada) – funcionam serviços de bagageiras nos seguintes horários: sexta-feira entre as 18h00 e as 2h00; sábado entre as 10h00 e as 2h00; domingo entre as 10h00 e as 24h00. Por um preço diário simbólico, os visitantes da Festa podem deixar os seus bens em segurança, em saco selado, e assim usufruírem com tranquilidade de tudo o que a Festa proporciona. Nestes espaços será também possível solicitar informações sobre a Festa, consultar horários de transportes, levantar bilhetes para o vai-e-vem gratuito, receber o Guia do Visitante ou adquirir a revista da Festa.

No centro do recinto funcionará um Posto de Informações e de Perdidos e Achados, onde é possível solicitar informações, adquirir o programa da Festa, entregar algo que se tenha encontrado ou procurar aquilo que se possa ter perdido.

Estar sempre em comunicação com amigos ou familiares, partilhar momentos ou tirar uma fotografia para mais tarde recordar é uma realidade cada vez mais acessível com os telemóveis. Mas a sua autonomia é limitada sendo essencial carregar as baterias com frequência: para esse efeito estarão disponíveis pontos de energia assinalados e distribuídos pelo recinto, para que cada um possa resolver essa questão e assim viver e recordar a Festa.

A limpeza do terreno e dos vários espaços e equipamentos é uma preocupação de sempre na Festa do Avante!. Para além dos equipamentos distribuídos para deposição de resíduos, há outros, apropriados para a separação e recolha selectiva, decorrendo durante os três dias várias recolhas de resíduos. O mesmo cuidado é colocado com a limpeza regular das instalações sanitárias existentes no recinto.

 

Horário da Festa

Programar a Festa é essencial para que se possa aproveitar plenamente a sua oferta política, cultural e gastronómica e planear momentos de descanso e convívio. Eis os horários de funcionamento da Festa:

Sexta-feira, 2 de Setembro, das 19h00 à 1h30 (as portas abrem às 18h00); sábado, 3 de Setembro, das 10h00 à 1h30; domingo, 4 de Setembro, das 10h00 às 22h30. Após o encerramento não é possível permanecer no interior do recinto, devido à realização de trabalhos de limpeza e manutenção.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: