Venezuela
Salário mínimo aumenta 25 por cento
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, assinou, domingo, o decreto que actualiza em 25 por cento o Salário Mínimo Nacional (SMN), que passa de 960 para cerca de 1200 bolívares fortes. O aumento entra em vigor a partir do próximo dia 1 de Março com um acréscimo de 10 por cento sobre o actual valor do SMN. Em Setembro, a remuneração volta a ser ajustada em 15 por cento.
«Justiça para os trabalhadores», resumiu o chefe de Estado venezuelano no dia em que outorgou a medida cujo objectivo é diminuir a pobreza elevando a remuneração dos que durante anos estiveram excluídos e dominados pelo capitalismo, acrescentou.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: