Em luta

No âmbito de uma jornada europeia, promovida pela União Internacional de Sindicatos de Serviços Públicos e Similares, da Federação Sindical Mundial, dirigentes sindicais da Administração Pública central e local concentram-se hoje, às 11 horas, junto à delegação da Comissão Europeia em Lisboa (Praça Jean Monet), em protesto contra a «política das troikas», com consequências gravíssimas para os trabalhadores e os serviços – informou aquela estrutura sectorial da FSM, numa nota do seu vice-presidente para a Europa, Artur Sequeira.

No sector das cantinas e refeitórios, iniciou-se ontem, na TAP (Eurest), uma «ronda» de protestos junto de empresas dirigentes da associação patronal AHRESP. O Sindicato da Hotelaria e Similares do Sul, da CGTP-IN, rejeita a retirada de direitos e o impasse nas negociações do contrato colectivo. A acção prossegue hoje, à hora de almoço, no refeitório da SIC (Eurest), e amanhã, às 15 horas, na sede da Gertal.

Para ontem o Sindicato dos Trabalhadores da Actividade Financeira convocou uma concentração, junto da Assembleia da República, a acompanhar a entrega de abaixo-assinados, em defesa dos fundos de pensões dos bancários e pela revogação do DL 127/2011, que nessa altura estará em apreciação parlamentar.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: