Moção de censura ao pacto de agressão, ao Governo e à sua política
Basta antes que seja tarde!
O Parlamento discute já na próxima segunda-feira, 25, a moção de censura ao Governo da autoria do PCP. Esta é uma iniciativa que dá corpo ao sentimento de rejeição hoje dominante na sociedade portuguesa sobre o rumo de desastre imposto ao País pelo pacto de agressão e pelas políticas do Executivo PSD/CDS-PP.

Maioria impede reposição em 13% proposta pelo PCP
IVA varre restauração

A maioria parlamentar que apoia o Governo chumbou o projecto de lei do PCP que visava repor a taxa de 13 por cento de IVA na restauração. É a cegueira completa do PSD e do CDS-PP perante o que se passa à sua volta, nomeadamente sobre o fecho em massa de estabelecimentos e o consequente desemprego de milhares de trabalhadores. Só no primeiro trimestre deste ano, segundo dados do INE, foram cinco mil as empresas de restauração que encerraram as suas portas lançando para a rua 15 900 trabalhadores.



Governo aprofunda rumo que viola a Constituição
Mercantilizar a educação

Desresponsabilização do Estado das suas funções sociais, aprofundando o processo de mercantilização e privatização, assim vai o rumo do Governo em matéria de Educação. O mais recente testemunho desta orientação é o diploma que transpõe a directiva Bolkenstein e altera o Estatuto do Ensino Particular e Cooperativo, que esteve dia 6 em debate no Parlamento.



Pesar por Maria Keil

Audição sobre Segurança Interna

PCP contra privatização e visão mercantilista
A água é um bem de todos!