Semana de greves no Entroncamento

Com adesão total do pessoal efectivo, os trabalhadores do Centro de Distribuição Postal dos CTT no Entroncamento fizeram greve, duas horas por dia, de 8 a 15 de Outubro, concentrando-se no exterior das instalações durante o período de paralisação, de manhã.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecommunicações, que convocou a luta decidida naquele CDP, destacou a má organização do serviço, uma gritante falta de pessoal e um clima laboral marcado por prepotência e falta de respeito como os problemas para que é exigida resposta da administração da empresa.

O PCP manifestou solidariedade e apoio aos carteiros em luta. Numa nota emitida dia 14, a Direcção da Organização Regional de Santarém defendeu que é necessário «contratar mais trabalhadores, combater a precariedade, recuperar o controlo público dos CTT».

No dia 11, sexta-feira, uma delegação, com o deputado António Filipe e membros da Comissão Concelhia, esteve com os trabalhadores em greve. Anteontem, dia 15, foi a vez de António Ferreira, eleito na Assembleia Municipal.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: