Malha
A tradição ainda é o que era

Image 5587

Vêm sobretudo dos concelhos ribeirinhos que bordejam a margem esquerda do Tejo, mas também de terras mais a Sul, como Vendas Novas.

Têm mão firme e «calibrada», medem bem a distância, o olhar é certeiro. Na competição dão o melhor de si, mas é acima de tudo o convívio que os mobiliza, fruindo o seu desporto favorito ao ar livre, bem perto da residência, a confirmar que a tradição ainda é o que era. Falamos dos praticantes da malha, nas suas diferentes versões – tradicional, chinquilho e corrida - , que uma vez mais em representação de colectividades e associações de reformados integraram o torneio de promoção da Festa do Avante!, cujo desfecho ocorreu como habitualmente no sábado na Atalaia.

Reconhecido pela forma competente e profissional como é organizado, o torneio, na sua fase de apuramento, registou este ano um significativo aumento de participantes. A validar a aposta da Festa do Avante! em contribuir no sentido de «manter vivo e dar força» a este jogo tradicional, como sublinhou na entrega dos prémios o camarada Brásio Romeiro, responsável pela Comissão Nacional de Desporto na Festa.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: